Instruções para o envio de colaborações à Opinião Pública

Opinião Pública: Submissão de Artigostxt_article_submission_opiniao_publicaCsCorkfull.cork

Opinião Pública publica artigos científicos de pesquisadores brasileiros e estrangeiros sobre teoria e metodologia em opinião pública, comportamento social e político, cultura política e democracia, estudos de mídia, eleições e representação política, que embasam seus temas ou hipóteses em enquadramentos teóricos e em dados de pesquisas empíricas, quantitativas, qualitativas ou documentais apresentados de forma a sustentar os resultados e conclusões.

Opinião Pública vem alinhando-se progressivamente às práticas da ciência aberta ao adotar a licença CC-BY (Creative Commons Atribuição), proporcionar acesso às bases de dados, códigos e outros materiais utilizados nas pesquisas de artigos publicados (disponíveis neste site, ao final da página referente ao artigo, seção Revista Opinião Pública) e aceitar artigos previamente depositados em servidores de preprint: Scielo (https://preprints.scielo.org/index.php/scielo), Social Science Research Network (https://www.ssrn.com/index.cfm/en/) e ResearchGate (https://www.researchgate.net/).

Opinião Pública também aceita artigos apresentados em anais de congresso e, se aprovados, têm sua publicação condicionada à retirada dos Anais ou Coleção onde foi previamente publicado.

Os artigos devem ser submetidos (no formato .doc) exclusivamente através do sistema de submissão online do Scielo/ScholarOne: https://mc04.manuscriptcentral.com/op-scielo. Não podem ser submetidos à apreciação de nenhum outro veículo. A publicação na revista Opinião Pública está condicionada ao processo de revisão anônima por especialistas (double-blind review). Artigos provenientes de servidor de preprint passam pelo processo one-blind review de avaliação.

A revista Opinião Pública publica artigos redigidos em língua portuguesa, espanhola e inglesa. A fim de garantir o anonimato de autores e pareceristas no processo de avaliação e seleção, o nome do autor deve ser utilizado somente em terceira pessoa, nunca se referir a ele em primeira pessoa. Qualquer referência que permita a identificação da autoria  (agradecimento a pessoas ou instituições; pesquisa anterior que deu origem ao artigo, indicação de apresentação prévia em seminários, remissão em primeira pessoa a obras anteriores etc.) deverá ser eliminada do texto. Também é importante retirar o nome do autor e o título, caso constarem, das propriedades do documento. Se aprovado o artigo para publicação, os direitos autorais devem ser cedidos ao Cesop/Unicamp, mencionando concordância com a publicação, onde também deve constar nome, endereço completo, telefone, fax, e-mail, titulação e a instituição à qual o(a) autor(a) esteja vinculado(a). O autor também deve compartilhar bases de dados, códigos, métodos e outros materiais utilizados e resultantes das pesquisas apresentadas no artigo publicado.

A publicação de um novo artigo de autor já contemplado em edição anterior deve aguardar o período de um ano a partir daquela edição.

Os resumos devem vir em quatro versões: português, inglês, francês e espanhol, os quais devem ter no máximo 900 caracteres. O resumo deve conter descrição do objeto analisado e dos objetivos do artigo; tipo de pesquisa, metodologia ou abordagem utilizada; resultados; implicações e originalidade do artigo. O artigo deve ter entre 20 e 40 páginas, incluindo as imagens, notas e referências. A configuração de página deve ser papel A4 padrão com 1,5 de margens esquerda e direita, na Fonte Times New Roman tamanho 12 e 1,5 de espaçamento entre linhas. O título do artigo deve ter no máximo 20 palavras, e ser apresentado nos quatro idiomas, assim como as cinco palavras-chave que identificam o seu conteúdo. Quadros, mapas, tabelas etc. devem estar em seus devidos lugares no texto. Se o artigo for aprovado para publicação, eles deverão ser entregues em arquivo separado, como objetos do word, com possibilidade de edição.

As citações bibliográficas devem ser feitas no corpo do texto e subordinar-se ao seguinte esquema: (Sobrenome de Autor, data) ou (Sobrenome de Autor, data, página). Ex.: (Souza, 1976; Assis, 2000) ou (Souza, 1976, p. 64). Diferentes títulos do mesmo autor publicados no mesmo ano serão identificados por uma letra após a data. Ex.: (Almeida, 1989a), (Almeida, 1989b). No caso de dois autores e duas publicações de mesmo autor, a citação deve ser desse modo: (Souza e Almeida, 1990; Sanches, 2000, 2005).

As referências bibliográficas utilizadas devem ser apresentadas ao final do artigo, listadas em ordem alfabética, obedecendo às normas ABNT (NBR 6023), conforme exemplos a seguir. Pede-se atenção não apenas à ordem dos elementos como também a seus tipos de fontes e pontuações. Quando houver, é necessário inserir o link para a publicação.

Livro: Sobrenome do Autor em Versal-versalete, Nome (abreviado). Título em itálico: subtítulo sem itálico. Número da edição, caso não seja a primeira. Local da publicação: nome da Editora, ano.

Capítulo: Sobrenome do Autor em Versal-versalete, Nome (abreviado), Título do capítulo. In: Sobrenome do Autor em Versal-versalete, Nome (abreviado), do(s) autor(es) ou organizador(es). Título do livro em itálico: subtítulo sem itálico. Local da publicação: nome da Editora, intervalo de páginas, ano.

Coletânea: Sobrenome do autor em Versal-versalete, Nome (abreviado). Título do ensaio. In: Sobrenome do autor em Versal-versalete, Nome (abreviado) do(s) organizador(es). Título da coletânea em itálico: subtítulo sem itálico. Número da edição, caso não seja a primeira. Local da publicação: nome da Editora, ano.

Artigo em periódico: Sobrenome do Autor em Versal-versalete, Nome (abreviado). Título do artigo entre aspas. Nome do periódico em itálico, local da publicação, volume e número do periódico, intervalo de páginas, período da publicação, ano.

Dissertações e teses: Sobrenome do Autor em Versal-versalete, Nome (abreviado). Título entre aspas. Local, número total de páginas. Grau acadêmico e área de estudos: Dissertação de mestrado ou Tese de doutorado. Instituição em que foi apresentada, ano.

Internet (documentos eletrônicos): Sobrenome do Autor em Versal-versalete, Nome (abreviado). Título em itálico (online). Produtor, data. Disponível em: <>. Acesso em: dia mês (abreviado) ano (ex.: 5 jan. 2012).

Trabalho apresentado em evento: Sobrenome do autor em Versal-versalete, Nome (abreviado). Título do trabalho apresentado entre aspas. In: Anais do evento (numeração e título se houver), cidade de realização do evento, páginas do documento (se houver), data de publicação.

Lembrando novamente, sempre que houver links para as obras citadas, eles devem constar das referências bibliográficas.

Os títulos das seções do artigo devem ser formatados em negrito e das subseções em itálico, sem negrito.

Não devem ser numeradas as seções e subseções do artigo. Se houver citações e/ou referências a seções do próprio artigo ao longo do texto, fazer referência ao título desta seção. Ex.: Como abordado na seção “Opiniões e atitudes sobre a democracia...”.

Sempre que, no corpo do texto, houver referência ao próprio artigo, deve-se nomeá-lo como "artigo" e não como "paper", "trabalho", "estudo" etc.

Os gráficos e quaisquer figuras do texto em ‘word’ devem estar separados do texto e ser enviados como objetos do Word (e não como imagem). Os gráficos e outras imagens, com exceção das tabelas, devem ser coloridos. No arquivo de texto, as referências de onde eles devem ser inseridos devem ser claras. Quando for o caso, enviá-los também em seus formatos de origem (excel, spss etc.). Deve ser entregue um pdf do artigo com as imagens em seus devidos lugares.

Os títulos e as fontes das imagens e tabelas devem estar completos (quando a elaboração destas for do próprio autor, discriminar em que dados ela está baseada. Ex.: Elaboração própria com base em dados do TSE).

Os títulos e fontes devem estar separados das tabelas e gráficos.

Os sinais de %, e outros, devem ser retirados do interior de tabelas e gráficos, quando for o caso, colocando-os junto aos respectivos títulos.
Ex.: Tabela 1
Título: Frequência das variáveis indicadoras de “rouba, mas faz” (%).

Disponibilização de bancos de dados: Os bancos de dados dos autores utilizados nos artigos devem ser cedidos à revista e ficarão disponíveis para acesso aberto no site do Cesop. 

Pedimos atenção à grafia dos nomes próprios e datas de publicações citadas no corpo do texto e nas referências bibliográficas para minimizar as dubiedades.

A equipe da revista Opinião Pública fará a revisão de problemas de digitação, ortografia, gramática, grafias de nomes próprios, siglas, datas de publicação nas referências bibliográficas no corpo do texto e nas referências ao final, no entanto, quanto mais cuidado houver com todos esses aspectos, menores serão as chances de erros na versão a ser publicada.

A licença utilizada pela revista Opinião Pública é a CC-BY, uma licença totalmente aberta, inclusive para fins comerciais.

Mais informações em: 
http://blog.scielo.org/blog/2015/06/19/scielo-adota-cc-by-como-atribuicao-principal-de-acesso-aberto/

Opinião Pública utiliza ferramentas para verificação de plágio ou autoplágio.